Exagerado

07/11/2008

Excesso é sempre chato. Mas quando até o exagero é exagerado pode ficar engraçado e, talvez, sugerir alguma auto-ironia.

Não creio que seja a intenção de O Melhor Bolo de Chocolate do Mundo, que abriu uma filial em Higienópolis. Mas bem que podia.

A casa é originalmente de Lisboa, já estava instalada em São Paulo e agora chegou à Vilaboim.

Ainda não tinha provado. Fui lá.

O cardápio passa firmeza. Eles oferecem bolo de chocolate 55% e bolo de chocolate meio-amargo (70%). Ponto.

Para não dizer que só tem bolo de chocolate, servem bebidas – inclusive um Porto (Burmester), em taças, para acompanhar o… bolo de chocolate.

E um salgado por dia, que não é indicado no cardápio, mas na lousa.

Na primeira visita, tomei um expresso curto bem tirado, com bolo de chocolate meio-amargo. A atendente destacou que o preparo não incluía farinha, nem fermento. É receita própria, da matriz lisboeta, com um “merengue” no lugar da massa – que algum desavisado chamaria de mousse.

Achei doce, muito doce. Tremendamente doce. Inacreditavelmente doce. E era o meio-amargo.

Na segunda visita, a mesma impressão. Doce demais. Doce até se considerarmos o alto teor de doçura da doçaria portuguesa e da brasileira. Doce mesmo. A única diferença é que a parte superior do bolo estava mole, e não dura como no primeiro dia. Mas continuava bem doce.

 

Talvez seja inevitável: o que se mistura com a clara para fazer o merengue? Adivinhe. Se acertar ganha um doce – mas não um tão doce assim.

Não corri o risco de provar o não-meio-amargo, com medo de um coma glicêmico.

A surpresa foi o salgado do dia. Uma empada recheada com queijo Serra das Estrelas. Deliciosa na massa, no interior. Equilibrada, macia, saborosa.

Não é “A Melhor Empada de Queijo do Mundo”, mas é uma das melhores de São Paulo. Muito superior às servidas nas empadarias que infestaram, com duvidosos resultados, a cidade.

Porque “O Melhor Bolo de Chocolate do Mundo” fica em quarto ou quinto lugar no ranking dos bolos de chocolate da Vilaboim.

E ainda me deixou uma dúvida: podemos mesmo chamar de bolo um doce que não tem massa? A verificar.

Enquanto isso, vou voltar para comer a empada e tomar o bom café. Só tomarei cuidado para evitar o exageradamente doce bolo de chocolate de “O Melhor Bolo de Chocolate do Mundo”.

3 Respostas to “Exagerado”

  1. Gourmet Blasé Says:

    Alhos,
    Minha impressão sobre o lugar foi a mesma, pedi o meio-amargo e era doce demais.
    Lembrei que quando pedia um café em Lisboa, Segafredo Zanetti, eles já vinham com dois sachês de açúcar ao lado. Costume!
    Abs!

  2. roberto23 Says:

    o bolo de chocolate mais doce do mundo; e coloca doce nisso: porque é incrivel que uma receita, que tinha tudo para dar certo, acabe se tornando uma experiência gastronômica frustrante e indigesta

    se a loja destina-se a atender a colônia portuguesa até entenderia, fora isso é um desastre

  3. alhos Says:

    Roberto,
    tudo bem?
    Creio que seja inevitável, considerando a receita: clara e… açúcar.
    Pessoalmente não gosto.
    Abraços!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: