Eu, o infiel

25/03/2009

 

Já prometi a mim mesmo, não sei quantas vezes, que nunca mais voltaria à Deli Paris, na Vila Madalena.

Até escrevi a promessa aqui no blog, em novembro do ano passado.

E, de lá para cá, juro que a cumpri.

Até hoje, quando minha vocação para a infidelidade comigo mesmo se manifestou.

Deixei minha filha na escola, em Santa Cecília, e dirigi para Pinheiros. No meio do caminho, a promessa (e a necessidade) de um café da manhã.

Ao cruzar Vila Madalena, tive a idéia: e se eu voltasse à Deli Paris? Afinal, aquele croissant…

Lá fui eu para a rua Harmonia.

Estacionei, entrei e fui prontamente atendido. Uau!

Pedi o croissant e… descobri que não tinha. A máquina quebrara. Ai.

Me conformei com um pão com manteiga (pouca e mal distribuída), um cappuccino com canela suficiente para afastar vampiro e um espresso curto que ocupava a xícara até a borda.

Fui para o caixa cabisbaixo, paguei a conta e pedi a nota paulista.

A mesma que já me foi recusada, lá, inúmeras vezes sob os mais variados pretextos.

E adivinhe? O computador também quebrara e a caixa não podia emiti-la.

Culpa da Deli Paris?

Claro que não. Tudo por lá continua igual.

Eu é que tinha que aprender a cumprir o que prometo.

Bem feito, bobo.

8 Respostas to “Eu, o infiel”

  1. Flavio Says:

    Não posso falar nada da qualidade de lá, pois ele é meu “concorrente”. Porém, posso falar da legislação.

    A nota fiscal é obrigatória em qualquer estabelecimento e deve, mesmo com máquina quebrada e sem luz, ser emitida.

    Todo negócio devidamente registrado e operando legalmente deve ter um bloco de nota fiscal a mão para ser preenchido na hora.

    O número do CPF, em caso de nota paulista, deve ser anotado a mão e depois enviado à receita Federal quando ” a luz voltar” ou ” o computador voltar a funcionar”.

    Não vou fazer propaganda, mas na minha loja não sai um bom dia sem nota fiscal… apesar do bom dia ser cortesia.

    abs

    Flavio

  2. alhos Says:

    Flavio,
    tudo bem?
    Pois é, já briguei muito lá por conta da nota paulista. Uma ou duas vezes consegui que emitissem. Pode ser que tenha sido coincidência, mas houve uma época em que ia lá semanalmente, e semanalmente tinha que insistir para que cumprissem a lei. Nessa época, cheguei até a ouvir uma sugestão do gerente de que voltasse dali a “um ou dois dias” para retirá-la. Enfim, cansei.
    Agora, por mais que goste dos croissants de lá, não acho que seja seu concorrente. Seus concorrentes estão num outro plano – de qualidade e de atendimento.
    Abraços!

  3. saleiro Says:

    realmente, essa história de nota é crime, pq vc tem que ter um talão para problemas no computador. Vc deveria parar de ir nesse lugar, definitivamente!

  4. alhos Says:

    Fernanda
    Na verdade, tem um fundo otimista nessa história toda. A crença de que as coisas vão se resolver. Que os problemas foram fortuitos. Por isso, voltar. Mas claro: chega uma hora em que nem vale mais a pena brigar. Hoje mesmo, quando ouvimos a explicação sobre o computador quebrado, minha mulher e eu rimos um para o outro. Há absurdos que viram folclore – infelizmente.
    Quanto ao talão: no seu restaurante mesmo, mais de uma vez recebi nota manual. Porque é isso: cumprir a lei. Algo simples.
    Beijos!

  5. Ricardo Reno Says:

    Olá tudo bem?

    Você já experimentou o croissant da padaria do hotel Accor na Sena Madureira? Acho muito bom inclusive os brioches.

    Abraço

  6. alhos Says:

    Ricardo,
    tudo bem?
    Nunca provei.
    Vou atrás!
    Abraços!

  7. Julinho Says:

    Ricardo,
    Essa padaria é a Le Fournil, do Sofitel? Foi onde o Fabrice LeNud começou a mostrar seu trabalho.

  8. Ricardo Reno Says:

    Julinho,
    É isso mesmo, mas os croissants dele, não são tão bons quanto os de lá.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: