Da sismografia da vida

10/07/2011

 

Em certos momentos, mais do que em outros, é preciso cuidar de si, olhar para dentro como se olha para fora, consultar, e talvez calibrar, o sismógrafo da vida.

 

Nessa semana, vivi um desses tempos — e não se preocupe, leitor: não entrarei em detalhes.

 

Importante, em tais horas, é se cercar de pequenos prazeres: garantia breve e incerta, mas sempre viva, que assegura alguma estabilidade enquanto tudo se revolve.

 

Isso inclui a escolha cuidadosa dos lugares onde se vai comer e beber, claro.

 

Não por acaso, só fui àqueles em que me sinto em casa, ou quase. Almocei no Ici, jantei no Marcel, tomei dois cafés da manhã na Julice, almocei no Zena, comi cannoli no Flavio Federico Dolci, almocei no AK Vila.

 

Por duas noites fui ao Astor e, numa delas, conversei horas a fio com pessoas que cada vez ficam mais queridas.

 

Em outra, conheci o bom Butcher’s Market, acompanhado deliciosamente por dois casais lindos.

 

Na penúltima noite da semana, jantei na Tappo, e esse jantar sintetizou tudo. Teve fígado, moela e mexilhões, teve pasta alla Norma e spaghetti com vongoli, teve panna cotta e vin santo Badia a Coltibuono. Teve o atendimento liderado pelo Fabio, que considero, há tempos, o melhor da cidade. Teve uma longa caminhada de volta para casa, com a vida na alma.

 

Hoje acordei feliz, sereno, olhei para o sismógrafo e, entre altos e baixos, estava tudo certo. Quis escrever esse texto.

 

18 Respostas to “Da sismografia da vida”

  1. Daniel Hanna Says:

    Ola, encontrei seu blog quando procurava boas indicações de bistros algumas semanas atras. Pela sua indicação fui ao Tappo, ao 210 Diner e hoje ao Astor, e foram todas refeições maravilhosas.
    Continue assim com ótimas dicas e principalmente honestidade no texto.
    Abraço!
    Daniel

  2. Daniel Says:

    Alhos, você sempre se supera. Só para variar, mais um texto incrível. Espero que o sismógrafo tenha ficado calibradíssimo. Digo isso porque você, sem dúvida, ajuda a calibrar o meu.
    []s,
    daniel

  3. Fabio T Says:

    Oi Alhos,

    eh bom ter lugares confortantes em determinados momentos!
    Acabei indo em 2 dos lugares citados por voce no final de semana.Fui ao Butchers Market, gostei do hamburger, a entrada de tapioca com queijo coalho estava boa, bem como o pork bun; pretendo voltar.
    Tambem fui pela primeira vez ao AK e fiquei muito mais contente do que imaginava. Estava com um amigo e provamos de entrada as costelinhas, os mexilhoes e o croquete de pato; tudo uma delicia, repetiria tudo na proxima vez. De prato, ele comeu os varenikes, que tambem provei e estavam muito bons, e eu comi os lagostins que tambem me deliciaram. Tambem pretendo voltar (nesta semana?!).
    Abcs,
    Fabio

  4. alhos Says:

    Daniel H.,
    tudo bem?
    Obrigado por seu comentário.
    Honestidade é das coisas essenciais, muito melhor e mais necessário do que qualquer prato de comida.
    Fico feliz que suas visitas tenham dado certo.
    Abraços!

    Daniel rp,
    obrigado por seu comentário.
    Ficou bem calibrado, sim. Obrigado.
    Uma honra ajudar.
    Abraços!

    Fabio,
    tudo bem?
    Bacana que suas visitas deram certo. Ao Butcher’s só fui uma vez e saí bem satisfeito. O AK é dos meus antigos favoritos, comida sempre boa.
    Abraços!


  5. […] zona de conforto pode significar outras coisas. o último post do Alhos, Passas & Maçãs é um bom exemplo disso: em uma semana conturbada, ele encontrou conforto e forças, dentre outras […]


  6. Alhos, fico feliz por estar tudo calibrado… estou cada vez mais encantada pela forma que a comida e tudo que a envolve possui tanta importância na vida das pessoas. Abraços, Adriana.

  7. Aristóteles Says:

    E o Epice? Você já foi?

  8. Mauricio J Says:

    Prezado Alhos

    Meu sismógrafo e o d minha mãe deram uma abalada hoje.Acho que vou seguir sua “receita”.Que bom que vc teve vontade de escrever esta cronica.Sempre existe um bom motivo para tudo
    Muito Obrigado

  9. alhos Says:

    Adriana,
    tudo bem?
    Obrigado. A comida e o entorno.
    Abraços!

    Aristóteles,
    tudo bem?
    Fui três vezes ao Épice. Antes de escrever, porém, quero conhecer melhor.
    Abraços!

    Mauricio,
    tudo bem?
    Boa sorte a você e a sua mãe nessa hora. Fico na torcida.
    Abraços!

  10. Los Says:

    Lágrimas nos olhos meu caro. E acho que não preciso dizer mais nada.

    Grande abraço!

  11. alhos Says:

    Los,
    só uma palavra: obrigado.
    Pela quarta e, sobretudo, pela terça.
    Abraços!


  12. Alhos, vir aqui é sempre uma delícia. Em todos os sentidos. Q bom que está melhor.

  13. Raquel Says:

    O senhor Alhos anda mudado, ficou sotisficado, não sinto mais aquela simplicidade nos post, a naturalidade talvez.
    Não sei o que foi mas ficou para trás a originalidade, parece que o senhor foi influenciado de alguma forma, não intencional, mas algo que mudou a simplicidade que tinha em seus ótimos post. Ainda gosto, mas antes gostava mais.

  14. alhos Says:

    Eugenia,
    tudo bem?
    Desculpe-me a demora na liberação dos comentários. Estava viajando.
    Obrigado!
    Abraços!

    Raquel,
    tudo bem?
    Curioso seu comentário. Não acho que tenha mudado, pelo menos em sofisticação. rs
    Pode ser, não sei.
    Acho que é daquelas mudanças que vivemos.
    Abraços!


  15. Rapaz, adoro o Tappo também. Sem pretensões e culinária de primeira, serviço atencioso (pequeno problema com a proximidade das mesas, mas podemos fazer amigos ao lado, portanto…), e passei por uma fase parecida, o que me rendeu um post também. Abs.

  16. alhos Says:

    Wair,
    tudo bem?
    Esses períodos ocorrem, resta conseguirmos lidar bem com eles.
    A Tappo é, hoje, o restaurante em que me sinto mais à vontade.
    Abraços!

  17. Sergio S. Says:

    Alhos,

    em primeiro lugar, ótimo post! Em segundo lugar, só posso engrossar essa lista. Adoro o Tappo!!

    Abs,

    Sérgio

  18. alhos Says:

    Sergio,
    tudo bem?
    Obrigado.
    Que a Tappo continue tão boa e agradável!
    Abraços!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: